Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



Magia Complexa (I)-Magia Emprestada posta em prática II A A A A

Na primeira noite de lua crescente em um horário de Júpiter, escolha um local para começar a operação. Lance o círculo mágico. Disponha as pedras em uma posição triangular. Acenda as velas, ponha a vela branca ao lado do cristal de quartzo, a negra ao lado da turmalina e a verde ao lado da hematita. As velas negra, verde e branca representam ocultação contra os perigos, regeneração e revelação de segredos respectivamente, tenha isso em mente quando as tiver acendendo.

O anel deve ficar no centro do padrão triangular formado pelas pedras e velas. Se o seu pentáculo for grande o bastante ponha o anel em cima dele. Se não apenas imagine que o pentáculo está conectado com o anel auxiliando a concretizar o objetivo pretendido.

Imagine as pedras conectadas entre si por linhas de energia branca, formando um triangulo de luz. Dos ângulos interno do triângulo linhas de energia da mesma cor convergem em direção ao anel. A energia de cada pedra se combina em uma força superior cujo receptáculo será o anel.

Visualize o anel pulsando com todo o poder recebido das pedras enquanto recita o encantamento três vezes:

"Aqui no centro desse padrão triangular
Três vezes para magia prosperar
Defesa,Saúde e Percepção logo vão se combinar
No anel brilhante elas vão habitar"

Ponha o anel na mão esquerda,em seguida ponha essa mão no centro do triângulo. Imagine que está recebendo todos os benefícios do anel.Se concentre nessa imagem mental. Você deve parar quando sentir que é o suficiente e recitar mais três vezes o encantamento acima,mas substituindo o trecho "No anel brilhante" por um nome que você irá escolher para dar ao anel. Apague as velas sem soprar e recolha as pedras, guarde tudo uma caixa junto com o anel.

Ao longo das noites de lua crescente, sempre no mesmo horário de Júpiter. Escolha uma das três velas,acenda-a mantendo seu significado em mente e ponha o anel próximo, de forma que ele possa refletir a luz que está recebendo da vela. Imagine as propriedades que a vela representa sendo armazenadas e enriquecidas dentro do anel enquanto recita:

"Tal como (nome do anel) reflete a luz da vela
Ele irá refletir para mim (propriedade da vela) "

Esse procedimento deve ser realizado em um número igual de vezes com cada uma das três velas até a chegada da lua cheia. Na noite de lua cheia, horário de Júpiter repita o procedimento inicial com as velas e as pedras. As pedras devem ser enterradas e as velas devem queimar até o fim.Quando tiver finalizado o anel estará pronto.

Todos essas operações tem a finalidade de forçar a energia no anel de uma forma que ela fique fixa,livrando da necessidade de ter quer recarregar o objeto várias vezes seguidas.

O anel atua como um emissor automático de energias curativas e protetoras e estimula suas capacidades de adivinhação e percepção do oculto.Quando quiser despertar o potencial total do objeto invoque o seu poder através do nome dado. Isso deve ser feito apenas em necessidades visto que consume muito da energia do anel,fazendo com que o mesmo entre em um estado de latência afim de recuperar a energia perdida.

Esse é um objeto mágico muito útil para qualquer feiticeiro,em particular os iniciantes. É perfeito para ser usado quando se for viajar,pois quando viajamos estamos expostos a muitos fatores desconhecidos que podem ser danosos ao nosso bem estar.

É importante ressaltar que anéis mágicos podem desenvolver uma consciência com um tempo e também podem ter um efeito viciador, levando seu usuário a se obcecar pelo seu poder,portanto é recomendado cautela com seu uso.

WITCH23      

Este artigo já foi lido 594 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca