Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos


Magia da Escola de Magia de Lisboa - Ivandra (VI) A A A A

Feitiços para um dia com ventos:

1-Usando energia aérea pura:Aprenda a fazer um catavento de papel. Faça um bem grande e com uma cor que simbolize seu desejo. Em cada uma das hélices do catavento desenhe símbolos que juntos representem o avanço progressivo do seu desejo até a sua realização.Exponha o catavento à uma corrente de ar, lembrando que o catavento deve girar na mesma direção da corrente.Esse é um feitiço muito eficaz que impulsiona o poder natural dos símbolos usando a energia aérea e pode ser considerado uma forma 'moderna' de magia com sigilos.

2-Para banir o medo: Acenda uma vela de uma cor que você não gosta. Visualize a chama da vela como a manifestação física de seu medo e enquanto está sob sua luz você se sente ansioso e assustado. Continue com a visualização durante alguns minutos.Depois leve a vela para fora e deixe que um vento vindo do sul apague a chama. Obviamente você deve se assegurar de que o vento está soprando nessa direção antes de realizar o feitiço.

3-Capturando um vento:Vá para um ambiente ao ar livre. Limpe a sua mente de qualquer pensamento e concentre-se nos ventos e nas brisas desse ambiente. A seguir você deve focar em apenas um vento ou brisa que tenha lhe agradado. Avalie com muita atenção a direção e as sensações que esse vento causa em você: Os cheiros,os sons, a temperatura,a humidade, as ideias que surgem na sua cabeça... Mantenha sua atenção nessas sensações o máximo que puder. Fique especialmente atento aos sons que o vento produz, tanto os sons físicos como os sons que ocasionalmente podem ter surgido na sua imaginação.Lembre-se que tratam-se de sons simples e não canções. Anote esses sons no seu grimório, juntamente com as outras características do vento que o produz. Tente imitar o som desse vento;se feito corretamente o vento correspondente a esse som irá misteriosamente começar a soprar.Entretanto esse procedimento pode levar algum tempo e as vezes é necessário fazer alguns ajustes no som que foi ouvido pela primeira vez afim de encontrar a sonoridade perfeita. Quando tiver obtido sucesso você pode usar esse som( que funciona como uma espécie de nome para o vento) para enviar e receber coisas a partir do vento.Sempre que chamar o vento usando seu nome (o som) libere um pouco da sua energia pessoal. Com o tempo o vento deve estar completamente preenchido com a sua energia, quando isso acontecer você vai ter capturado aquele vento,como se fosse uma propriedade sua. Ventos capturados podem ser usados para mandar feitiços,mensagens e realizar outras conveniências de maneira muito eficiente. Se você for habilidoso pode capturar outros ventos, lembrando que cada um tem um nome(som) diferente. Feiticeiros do Ar(manipuladores de magia com uma afinidade com o Elemento Ar) são famosos por serem capazes de capturar dezenas de ventos, o que é especialmente vantajoso no difícil caminho da feitiçaria. É importante ressaltar que nem todos os ventos são facilmente domináveis,alguns vão exigir muita paciência e dedicação e outros podem se revelar impossíveis de serem capturados.Assegure-se de uma vez ou outra verificar os seus ventos,pois o seu controle sobre eles pode desvanecer ao longo do tempo ou pode ser invalidado por outro feiticeiro.

CONTINUA EM Magia da Escola de Magia de Lisboa - Ivandra (VII)

WITCH23      

Este artigo já foi lido 313 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca