Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos


Magia da Escola de Magia de Lisboa - Ivandra (VIII) A A A A

Feitiços para um dia de tempestade:
1-Eletrocinese:Quando houver uma tempestade com muitos raios procure um local seguro e quieto onde não será perturbado.Não há a necessidade de ficar exposto à tempestade,portanto não se arrisque a toa,esse feitiço pode ser realizado perfeitamente dentro de casa.Sente-se em uma posição confortável e foque sua atenção na sua respiração.Inspire e expire de forma devagar e natural(tente respirar usando a barriga ao invés de somente o peito).Sinta o ar cheio de carga e eletricidade estática. A medida que inspira e expira essa sensação aumenta.Imagine essa eletricidade percorrendo do topo da sua cabeça,preenchendo os seus pulmões,indo em direção às suas pernas,chegando aos seus pés,cobrindo a sua pele até finalmente alcançar a sua aura. Quando a sua aura estiver completamente preenchida com essa eletricidade você a deve imaginar expandindo.Visualize agora como os objetos reagem a essa carga,ele são repelidos ou atraídos? Prossiga com esse experimento até você se habituar com o uso dessa energia.Quando quiser liberar a energia,imagine toda a eletricidade acumulada convergindo na ponta do seu dedo enquanto produz um som crepitante,imagine as faíscas.Prossiga então direcionando a energia para o seu alvo enquanto ela produz um barulho alto e estridente,um grande raio e um cheiro característico. Obviamente essa é uma experiência astral,mas o astral influencia o físico.Alguns feiticeiros mais habilidosos podem inclusive experimentar reações físicas imediatas como influenciar pequenos objetos sensíveis ao eletromagnetismo(como bússolas) ou máquinas. Esse feitiço também é uma técnica de magia de combate capaz de destruir ou pelo menos machucar entidades sobrenaturais.
2-Hidrocinese:Na natureza a água é capaz de destruir estruturas fortes e duradouras:a montanha se mostra firme e poderosa mas acaba cedendo ao poder erosivo das águas. O seguinte feitiço de combate mágico usa essa particularidade do Elemento Água:Quando houver uma tempestade acompanhada de chuva particularmente intensa dirija-se à um local calmo e seguro onde não será perturbado. Imagine a sua aura tornando-se fria e aquosa enquanto pensa em manifestações violentas do Elemento Água,essas manifestações devem ser intensas e cheias de pressão e poder bruto como tsunamis, maremotos e correntezas.Quando sua aura estiver no ponto certo ponha suas mãos em forma de concha e imagine uma grande e densa bolha de água se formando entre elas. Você dever e sentir essa bolha de forma bem real.Se achar conveniente você pode tocar e observar água em um recipiente enquanto realiza o exercício para melhorar a sua visualização da bolha. Quando achar que estiver pronto envie a bolha em direção ao seu alvo com o máximo de pressão e velocidade que puder( lembre-se que que quanto maior a velocidade maior a pressão e quanto maior a pressão maior a energia de impacto).Esse procedimento é usado em combate mágico para destruir ou machucar entidades sobrenaturais e penetrar defesas.
3-Magia com pedras do trovão:Depois de uma tempestade,quando já for seguro sair vá a procura de pedras do trovão.Uma pedra do trovão(do inglês 'thunderstone') é uma pedra natural com um formato semelhante ao de uma ponta de lança.As tradições mágicas antigas ensinam que essas pedras são como manifestações físicas de um relâmpago e tem propriedades mágicas muito poderosas. Quando achar uma,lave-a com água corrente e um pouco de sabão depois realize uma limpeza energética nela.Encante a pedra com a intenção de dar a ela a força dos raios e o poder de trazer a vitória nas batalhas. Você pode usar essa pedra para superar desafios e dificuldades,cortar cordões energéticos,dissolver influências malignas,usar como uma poderosa arma em um duelo mágico e outras funções úteis.Também pode confeccionar uma pequena varinha rústica com a pedra do trovão no topo para intensificar as propriedades já citadas.

CONTINUA EM Magia da Escola de Magia de Lisboa - Ivandra (IX)

WITCH23      

Este artigo já foi lido 412 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca