Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



Diante das Águas - O medo, a culpa e o ódio. A A A A

No dia seguinte Clara foi à escola decidida falar com ele. Chegando à escola ela o vê no pátio da escola, e vai rapidamente falar com ele. —Hugo por que fugiu? Perguntou ela bastante curiosa.
—Eu não fugi, apenas fui embora! Disse ele.
—Hugo, eu percebi que você ficou nervoso só porque eu queria falar uma coisa, que afinal você não sabe o que é ou até mesmo sabe, mas tem medo.
—Medo?
—Não sei, mas quero muito ficar com você. Eu não consigo pensar direito, eu só penso em você, eu... –Disse Clara se revelando para ele. —Clara acho que isso seria um erro. –Disse Hugo impedindo-a de continuar falando. —Erro? Por que erro? Perguntou ela nervosa.
—Você não está entendendo. Ouça e faz o seguinte, depois da aula vai até a praia de Kennedy. Antes que aconteça qualquer coisa entre nós você precisa saber de uma verdade sobre mim!
—Que verdade?
—Lhe mostrarei quando estivermos na praia.
Hugo se retirou e foi para a sala de aula. Clara ficou muito confusa com que ele tinha dito. Atrás de uma árvore que tinha no pátio, estava Rafael, ele viu e ouviu tudo que aconteceu, Rafael abaixou sua cabeça; muito triste com o que tinha ouvido, e naquele momento cai uma lágrima de seus olhos. Rafael estava tão triste que saiu daquele lugar muito rápido. Clara sentiu um vento forte saindo daquela árvore, e curiosa, foi ver o que tinha lá. Ela foi andando bem devagar, para poder ver se tinha realmente alguém por ali. Quando ela chegou não viu ninguém, mas quando olhou para o chão, viu um pequeno circulo; desbotado e desmanchado no chão, e nesse pequeno circulo havia brasa, que tinha queimado as folhas que ali no chão estavam. Ela ficou um pouco assustada e confusa, e foi para sala de aula. Chegando à porta da sala, ela parou e viu o Hugo. Naquele momento Rafael surge e empurra o braço dela. Ela tenta falar com ele, mas ele não a responde. —Oi Rafael... Chamou ela.
—Sente–se aqui Clara, disse Tatiana.
—O que Aconteceu com ele meninas? Perguntou ela.
—Não sei Clara, mas parece que ele não está bem. Disse Fabiana.
—Na verdade eu sei garotas! Disse Michael.
—Então fala Michael, disse Clara.
—Infelizmente quem deve falar isso é ele e não eu.
—Estou achando o Rafael muito estranho. –Dizia Clara preocupada. —Clara, não se preocupa com isso, deve ser as notas dele nas provas, disse Fabiana.
—Eu acho que não Fabiana. Tenho certeza que é uma coisa mais séria!
Fabiana, Clara, Michael e Tatiana ficaram em silêncio por um tempo e depois começaram a prestar atenção na aula. Naquele momento o céu começou a aparecer nuvens pretas e com relâmpagos, ameaçando chover, e parecia que ia acontecer uma tempestade. Hugo olhou para fora e começou a ficar preocupado. No final da aula ele levanta–se da carteira que estava sentado, pega o braço de Clara e começa a levá–la para fora. Rafael ficou surpreso ao ver aquilo, já os amigos de Clara, ficaram rindo pensando que Hugo iria se declarar para ela. —Será que hoje ele se declara para ela? Perguntou Tatiana.
— Não sei Tatiana, mas acho que ela vai se declarar para ele antes, disse Fabiana.
—Pára com isso vocês duas. Será que só pensam nisso? – Perguntou Michael com raiva. —Precisa de uma namorada Michael! Disse Tatiana rindo.
Eles iam chamar Rafael para ir embora junto com eles, mas quando olharam para onde ele estava não havia mais ninguém; ele não estava mais na sala. Enquanto isso Hugo estava levando Clara para a praia segurando em sua mão. Ela estava começando a ficar aflita com aquilo. —Hugo Me solte, por favor, eu vou andando. Por que tanta presa? Hugo fala alguma coisa, disse ela.
—Não podemos perder tempo Clara, Eu quero lhe mostrar ainda hoje.
—Me mostrar o quê?
—Quando chegarmos, você verá!

ALESSANDRO - AM      

Este artigo já foi lido 1090 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca