Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



um sonho numa noite de inverno A A A A

A Mãe-Natureza, farta da insolência dos humanos,lançou-lhes uma terrível maldição: que a partir daquele momento iriam ficar parados no tempo,num dia muito chuvoso,com grandes tempestades e inundações, se assim o disse,assim o fez. os humanos ao ver aqueles acontecimento estranhos pensaram que naquele dia não iria ser necessário ir trabalhar.Nesse dia era o dia 30 de Novembro.Todos os humanos nesse dia se divertiram muito enquanto estavam em casa.
acabado o dia, todos caíram num sono profundo, visto que tinha sido, um dia, carregado de emoções.
No dia seguinte, estava outra vez um dia muito tempestuoso,e chuvoso,pelo que estes não voltaram a sair de casa. uma senhora de idade que por ventura se esquecera do dia em que estava foi verificar ao calendário, e qual e o seu espanto ao ver que todos os dias eram o dia 30 de Novembro, assustada com tudo aquilo, contou as vizinhas,o que vira,logo aquilo se espalhou por toda a cidade, o presidente da câmara ordenou que todos se mantivessem calmos pois aquilo podia ser apenas um erro na impressão.
mas ninguém era capaz de esquecer aquele assunto, e todos falavam nele. e no ar surgiam perguntas como:
- o que é que aconteceu?;
-porque estes dois dias tão esquisitos?;
por ora um rapaz com pouco mais de 8 anos, achou a conversa muito chata e ddecidiu ir dormir uma sesta. quando adormeceu,uma senhora de cabelos longos e negros, falou para ele:
- Miguel?, consegues ouvir-me?
- sim, quem és tu?
- sou a Mãe-Natureza!, e sou a causadora desta confusão
- então mas não consegues para-la?
- não. esta de tal forma furiosa convosco que quem pode quebrar o feitiço são vocês os humanos.
-porque estas chateada?
-porque os humanos estão a estragar o ambiente, estão a estragar o mundo que tanto trabalho deu a fazer.
-então e que fazemos?
-reciclem, não deitem os lixos para o chão ,entre outras coisas.
-esta bem, prometo que vou tentar ajudar.
-Adeus Miguel boa sorte!
E de repente acordou, e tratou logo de pensar num discurso, pensou,pensou , e no fim de uma hora o discurso estava pronto.
Contou tudo sobre o sonho, e que para quebrar o feitiço era preciso preservar o ambiente.
trataram logo do assunto, com chuva ou sem chuva. passadas uma horas, o sol começou a aparecer por entre as nuvens escuras.
o feitiço estava quebrado!! do nada um barulho ensurdecedor ecoou, era o despertador, estavam no dia 1 de Dezembro, e prontos a preservar o ambiente, afinal aquilo tudo nao tinha passado de um sonho de inverno

FREDY      

Este artigo já foi lido 973 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca