Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



Iara A A A A

Loira e linda. Encantadora e repleta de dons mágicos. Vivia as margens de um lindo rio, realizando sonhos daqueles que lançavam moedas com pedidos de sorte. Iara uma sereia de águas doces, tão doce quanto as corredeiras deste rio mágico e seu encanto de mulher. Um dia se apaixonou por um rapaz da redondeza em um de seus passeios em total forma de mulher que acontecia em todas as luas cheias. Porém, se continuasse negligenciaria aos seus dons e poderes. Quando Iara estava a meditar, diante de seus olhos surgiu Tiatiana uma sàbia das profundezas das àguas lhe aconselhando sobre sua escolha de realizar sonhos ou arriscar uma paixâo que nâo parecia ser o seu destino. Pediu para que ela meditasse, "tudo nos é possível, mas nem tudo nos convém". Iara mergulhou nas profundezas e pos-se a pensar. Pensou e pensou... E chegou a sábia conclusão: Não precisamos perder dons e nem negligenciar nossas missões em troca de algo obscuro, que nos obriga a ver somente com os olhos da emoção. E quando chegar a hora certa serei recompensada sem perder meus dons. Mergulhou, sem mudar seu curso como os rios, Iara se encheu de alegria tornando-se mais sábia, consciente de que logo à frente seu verdadeiro amor surgiria e seriam eternamente felizes, sem deixa de dar felicidade aos que com esperança aguardavam suas realizações e sonhos através de seus poderes. E assim ela nadou e nadou e com mais força e poder e continuou a realizar os desejos dos que no rio lançavam suas moedas, agindo pela razão e aguardando seu verdadeiro amor que só a fortaleceria.

Por Vesta!

VESTA - VESTA      

Este artigo já foi lido 1013 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca