Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



QUANTAS VEZES A A A A

Quantas vezes desejei tocar suas mãos.
Quantas vezes desejei olhar em seus olhos.
Quantas vezes desejei acariciar seu rosto.
Quantas vezes desejei segurar seus cabelos.
Quantas vezes desejei cheirar sua pele.
Quantas vezes desejei beijar sua boca.
Quantas vezes desejei morder seus lábios.
Quantas vezes desejei roças na sua barba.
Quantas vezes desejei deitar no seu colo.
Quantas vezes desejei sentir seu corpo.
Quantas vezes desejei estar em seus pensamentos.
Quantas vezes desejei tirar seu sono.
Quantas vezes imaginei sentir seu gosto.
Quantas vezes desejei ser o seu amor.

Quantas vezes imaginei sentir suas mãos.
Quantas vezes imaginei olhar nos seus olhos.
Quantas vezes imaginei acariciar seu rosto.
Quantas vezes imaginei segurar seus cabelos.
Quantas vezes imaginei cheirar sua pele.
Quantas vezes imaginei beijar sua boca.
Quantas vezes imaginei morder seus lábios.
Quantas vezes imaginei roçar na sua barba.
Quantas vezes imaginei deitar no seu colo.
Quantas vezes imaginei sentir seu corpo.
Quantas vezes imaginei estar em seus pensamentos.
Quantas vezes imaginei tirar seu sono.
Quantas vezes imaginei sentir seu gosto.
Quantas vezes imaginei ser seu amor.

MORGANATENEBRE      

Este artigo já foi lido 1054 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca