Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



QUANDO DESCOBRI QUE EU ERA FEITIÇEIRO A A A A

Eu pensava que eu era igual os outros humanos e não podia levitar coisas ou lançar as coisas contra as outras pessoas. Um belo dia que eu estava em minha cama com sede. Eu estava de castigo então eu fiquei pensando toda hora na chave, procurando a chave do meu quarto. Eu coloquei ela no meu bolso e fui dormir e quando acordei não estava mais lá. Então eu achei a chave mais ela estava tipo queimada e não queria abrir, porque estava queimada e não entrava na fechadura, porque queimou a ponta. Ai então eu pensei, pocha minha mãe vai brigar. Ai eu estava pensando em fogo na hora de dormir e quando acordei a chave estava assim. Ai eu pensei que queria a chave do mesmo jeito regenerada. Quando fui pegar minha roupa para vestir para passar um tempo para ver se minha mãe tinha acordado para eu não chamar ela e ela não brigar, ai depois quando eu fui ver a chave estava boa. Eu disse que estranho e eu não comentei isso com minha mãe. Ai fui para rua e sempre tem um garoto que mi irrita. Então ele foi me irritar e eu pensei em que o outro garoto que bate nele saindo no portão e tirando a marinha dele kkkkkkkkk isso aconteceu, o garoto saiu e tirou a marinha dele e eu ri muito mas eu não queria que o que me irritou caísse porque quero usar meus poderes para o bem e não para o mal. Então passou e eu pedi minha mãe para me contar se tinha alguém da minha família que tinha poderes sobrenaturais. Ela disse que não. Ai eu pensei que eu estava entrando dentro da mente dela, ai ela estava nervosa, ela estava pensando que não podia contar, mas eu li sua mente. Ai ela disse tabom filho, não adianta fugir, eu e seu pai samos bruxos e você e um feiticeiro. Ai ela disse que eu seria feiticeiro e depois bruxo mago. Ela foi me treinando, eu aprendi a controlar meus poderes pouco a pouco e hoje estou aqui.




Isso que contei e real

ELIAS - ELIAS      

Este artigo já foi lido 1348 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca