Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Átrio > Biblioteca > Textos dos Alunos



Um amor que não se é correspondido A A A A

Parece que estou vivendo um pesadelo na minha mente, sendo forçada a tomar decisões, tudo que eu mais queria era ser uma bruxinha, poder aprender feitiços, poções, magias, ter meu próprio quarto, colegas de quarto, então me matriculei na school of magic, era praticamente um sonho realizado, nunca estive tão feliz na minha vida, até uma semana atrás, estava voando sobre Lisboa, quando vi um homem, tão lindo que sorriso brilhava, logo desci, e comecei a perseguir ele, acho que no meio do caminho, ele percebeu, me escondi, quando me virei, ele estava lá, sorrindo pra mim, perguntou meu nome, minha idade, e nós fomos nos conhecendo aquela tarde, nos despedimos, e logo vi que eu estava completamente apaixonada, mas comos vocês sabem, meus colegas bruxos e bruxas, nós não podemos nos apaixonar por humanos mortais, é contra as regras do mundo das bruxas, e até da escola, mas continuei me encontrando com ele na semana, até que ele pediu pra conhecer minha casa, aí não tive saída, contei que sou uma bruxinha aprendiz, e que estudo na school of magic, e que é contra as regras se apaixonar e namorar um humano, ele ficou meio assustado, e bem triste, foi aí então que despedi dele para sempre, e saí chorando, me tranquei no quarto e fiquei pensando, até minha melhor amiga veio me consolar, dizendo que eu deveria fazer o que é melhor para mim, foi então que saí correndo do quarto e fui procurar ele, eu estava disposta a largar essa escola e desistir de ser uma bruxa, pra ficar com ele, mas, infelizmente, achei ele beijando outra menina, uma humana, bem no lugar onde nos conhecemos, quando vi aquilo, fiquei sem chão, voltei pra escola, me tranquei novamente no quarto, apenas com meus fantasminhas de estimação, e agora não sei o que faço, se encaro tudo isso, ou se esqueço ele de uma vez, estou sofrendo bastante, não sei o que faço, isso é um pesadelo, acho que nunca vou sair do meu quarto. Preciso de ajuda.

ANGELICA00      

Este artigo já foi lido 933 vezes



Lista de artigos publicados pelos alunos    Biblioteca