Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Livraria > Adozinda - V de Volta > Citações

Citação do livro Adozinda - V de Volta

- Fazer boas ações é muito divertido! Eu adoro fazer boas ações! - e juntou as mãos sobre o coração. - Acho que sou o anjo com maior quota de boas ações. Ontem, na reunião com a chefe, a Sónia armou-se em boa, a dizer que tinha realizado vinte boas ações num só dia. Aposto que é mentira! A emproada! É só para impressionar a chefe! De qualquer maneira, não digas nada a ninguém! É que é suposto um anjo acreditar sem ver... No entanto, fazer boas ações não é a minha única atividade de fim de semana. Também vejo filmes.

Angelina abriu uma das gavetas na secretária e retirou um DVD.

- Olha, este é um dos meus preferidos! Ovelhinhas pastando em paz. Uma autêntica maravilha da sétima arte! E todo o filme é acompanhado por sons calmantes da natureza e pelo canto das baleias.

Adozinda olhou para a gaveta de onde Angelina retirara o DVD e reparou numa revista. Na capa da revista um sujeito de ar possante franzia o sobrolho para o fotógrafo. Atrás dele, desenvolvia-se uma explosão.

O anjo deu um risinho nervoso e corou. Reparando no ar inquiridor de Adozinda, acrescentou:

- Oh, esse é o Fogoso! É ator em filmes famosos tais como Terror nas chamas ou Desespero a 400 graus. É lindo de morrer, não? Mas não digas a ninguém!

Adozinda retirou a revista da gaveta e considerou o Fogoso.

- ...Não se pode negar que não tenha o seu charme... Se bem que acho que ele ficaria melhor sem os olhos vermelhos e sem os cornos.

Angelina esclareceu que se tratava de um diabo. Os diabos eram mesmo assim.

- Mas não achas que é mesmo um homem a sério?! - insistiu.

A bruxinha torceu o nariz e tentou camuflar a sua opinião pouco lisonjeira a respeito do Fogoso.

- Angelina, um diabo não é um homem - defendeu vagamente.

- Pois... enfim... Mas olha, não digas nada a ninguém... - e retirou apressadamente a revista das mãos de Adozinda, colocando-a no fundo da gaveta, debaixo de uma pilha de papéis. - É que estes atores não são muito recomendáveis entre os anjos... E, agora, isto não é mesmo para dizer a ninguém... mas sabes... vou ter um encontro com ele...

- Com o Fogoso?!

- SIM! - e saltou de contente entre risinhos. Bateu as asas e começou a flutuar a alguns centímetros do chão, enlevada pelo sentimento.

- Como o conheceste? Foi nalguma sessão de autógrafos?

- Não. Ainda nem sequer o conheço - e parou de bater as asas, poisando de novo no chão. - Ganhei um jantar com ele na caixa de flocos de cereais. Foi uma promoção especial. Xi, neste último mês comi tanto cereal com leite que acho que enjoei para toda a eternidade! Custou encontrar a caixa premiada! Além do convite, também me ofereceram uma t-shirt. Queres ver?

Sem esperar pela resposta de Adozinda, Angelina desapertou alguns botões no decote da túnica para mostrar a t-shirt. E lá estava o Fogoso, estampado na camisola, com a costumeira explosão por detrás. Por baixo da estampagem podia ler-se "I love Fogoso".

- Espetacular, não?!

Adozinda pensou durante alguns momentos na resposta adequada. Por fim, saiu-se apenas com um:

- Fascinante... Mas Angelina, o que farás se fores descoberta? O restaurante onde vais jantar com o Fogoso é um local público. Alguém pode ver-te. Nesse caso, quais são as consequências?



Citações do livro Adozinda - V de Volta


Átrio principal | Jogos | Auto conhecimento | Contactos
Termos e Condições | Privacidade | Cookies


Language: English | Português

Copyright 2019, Sofia Ester.