Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Livraria > Adozinda - V de Volta > Citações

Citação do livro Adozinda - V de Volta

- Ai Zulmiro! Seja como for, eu estou do lado da condessa! - declarou Adozinda perentória.

- Porquê?! - depois de todos os motivos que apresentara, a afirmação da amiga parecia-lhe descabida de sentido.

- Solidariedade feminina. Nesta coisa de desentendimentos conjugais tenho por norma dar razão à mulher. E tu também te devias pôr do nosso lado, por cavalheirismo.

Zulmiro suspirou de impaciência.

- Pôr-me do lado da condessa?! Adozinda, e se ela estiver apenas a tentar sensibilizar-nos fazendo-se passar por vítima? A condessa pretende voltar à vida porque, nem sequer depois de morta, suporta que os outros fiquem com aquilo que é seu. Quer voltar apenas para infernizar o marido e eu não vou colaborar nisso! E, agora, a senhora condessa está a tentar aproveitar-se da tua solidariedade feminina - e vincou estas duas últimas palavras - para te utilizar, de modo a conseguir os seus objetivos!


Citações do livro Adozinda - V de Volta


Átrio principal | Jogos | Auto conhecimento | Contactos
Termos e Condições | Privacidade | Cookies


Language: English | Português

Copyright 2019, Sofia Ester.