Este site utiliza cookies. Ao continuar neste site autoriza a sua utilização e concorda com a Política de Privacidade e com a Política para os cookies.
Escola de Magia
Login e aceder à área de aluno
ou
Matricular-se na Escola de Magia
MENU
Entrada > Átrio principal > Livraria > Adozinda - V de Volta > Citações

Citação do livro Adozinda - V de Volta

As viagens astrais podiam ser perigosas, mas valiam bem o risco! Mesmo com todos os diabos do mundo como ameaça! Como era maravilhosa a sensação de libertação, de leveza! No nosso corpo, nunca estamos completamente confortáveis. Ou temos frio, ou temos calor, ou o cabelo vem para a cara, ou surge uma comichão nas costas, ou o nariz pinga, mas ali, ali tudo isso era afastado, porque só a alma nos acompanha.

Adozinda esperou um pouco, saboreando a paz, a calma imensa que se respirava. Sabia que a sua situação era tudo menos calma. A V de Volta corria riscos. E, a qualquer momento, podia deparar-se com um demónio. No entanto, o Plano Astral, à semelhança de uma bebida forte e embriagante, tinha o condão de pôr todas essas preocupações à distância. A consciência da pessoa expandia-se. Adozinda já não era apenas ela própria, sentia-se parte de todo o universo. Tal como o túnel diante dela se prolongava até perder de vista, também a sua alma se expandia. Aceitava tudo. Compreendia tudo. Os assuntos terrenos perdiam a importância, dissolviam-se e anulavam-se por si só.

A sensação era maravilhosa, mas do fundo dos recessos de Adozinda a voz da responsabilidade obrigou-a a concentrar-se no objetivo. Tinha de chegar ao seu destino. Começou então a percorrer a túnel diante dela, túnel esse que não é o único caminho no Plano Astral. Tal como o Plano Astral é ilimitado e infinito também os caminhos que nele se oferecem são ilimitados e infinitos. Em breve, a bruxinha chegou a uma encruzilhada. Para a frente, o túnel pelo qual tinha vindo a avançar prolongava-se. Para a direita, estendia-se outro túnel, com uma luz ao fundo e, aparentemente, sem qualquer tipo de diferença em relação ao túnel no qual Adozinda tinha vindo a prosseguir. Os anjos tanto podiam estar em frente como à direita. Havia que tomar uma decisão.


Citações do livro Adozinda - V de Volta


Átrio principal | Jogos | Auto conhecimento | Contactos
Termos e Condições | Privacidade | Cookies


Language: English | Português

Copyright 2019, Sofia Ester.